Em nosso mais novo Criador em Destaque, tivemos uma capitã divertida, mas imponente, com quem não se deve mexer: é a SkinnedTeen! Fizemos algumas perguntas sobre suas Jornadas nos mares até aqui, e quais foram as experiências que ela viveu em suas viagens.

Tem interesse em se inscrever para a Tripulação de Criadores do Sea of Thieves? Saiba mais aqui.


[P]: Como você foi apresentada ao mundo dos jogos?

[R]:Então, antes que as coisas fiquem estranhas, preciso esclarecer: apesar de ter “teen” no nome, estou na casa dos 30. (Teen: adolescente, em inglês) Agora que passamos dessa parte... eu fui apresentada ao mundo dos jogos pelo meu pai, que tinha um Commodore 64 quando eu era criança – uns 4-5 anos de idade. Ele me ensinava a carregar jogos como BurgerTime e Pole Position. Não demorou muito, e alguns amiguinhos meus tinham uma coisa nova (na época) chamada Nintendo, e quando eu tinha uns seis anos, nós também compramos um desse.

[P]: Como você se tornou parte da comunidade de Sea of Thieves?

[R]:No começo, eu lembro de ter visto o anúncio do Sea of Thieves na E3, e joguei no lançamento. A princípio, eu não tinha certeza se queria fazer transmissões do jogo, mas isso não me impediu de continuar jogando fora das transmissões. Acabei descobrindo que muitos membros da minha comunidade também estavam jogando religiosamente, e meio que começamos a jogar juntos, e comecei a transmiti-lo com mais frequência.

[P]: Como a criação de conteúdo se tornou a sua “arte”?

[R]:Quando eu comecei a fazer transmissões, estava trabalhando como editora de vídeo e designer em tempo integral. Fazer transmissões começou como um hobby e um desafio, para completar jogos que eu tinha na minha lista – eu tinha um problema de comprar jogos e só jogar uns 20% deles antes de passar para o próximo. As transmissões foram minha solução para consertar esse problema. Só que as transmissões acabaram decolando de forma inesperada, e agora são meu emprego!

[P]: Como você decide que tipo de conteúdo criar?

[R]:Eu sabia que queria continuar tendo variedade, porque sei que eu curto muitos tipos de jogos diferentes para ficar com um só. Eu também sabia que eu não sou particularmente habilidosa em nenhum dos jogos que eu escolho jogar. Eu tenho um talento para não só entrar em situações engraçadas, mas também tornar situações normais engraçadas.

[P]: Que tipos de desafio você enfrentou criando conteúdo?

[R]:Alguns dos maiores desafios que eu enfrentei costumam ser relacionados a algo externo às transmissões, e geralmente eu resolvo tendo um pouco de tempo para trabalhar no que quer que tenha se tornado desafiador.

[P]: Quais são os seus canais?

[R]:Eu tenho um canal na Twitch e um no YouTube – o da Twitch é a maior fonte de conteúdo, enquanto o do YouTube é principalmente para destaques e VODs.

[P]: Qual foi seu momento mais marcante em Sea of Thieves até agora?

[R]:Uma noite, minha tripulação e eu estávamos prontos para encerrar a jogatina, quando passamos por um Forte e vimos algo brilhante em uma pedra. Dois de nós saímos do Galeão para investigar, e descobrimos que o Forte estava vazio, mas já tinha sido concluído. Investigando um pouco mais, parecia que a tripulação que concluiu o forte se explodiu acidentalmente usando o Barril da Fortaleza, detonando o navio deles no processo, e consequentemente deixando o Forte completamente aberto e suas riquezas, expostas.

A gente endoideceu e começou a pegar tudo, mas no finalzinho, a tripulação que havia limpado o Forte voltou. Um membro da nossa tripulação saiu num Barco a Remo para distraí-los, enquanto o restante de nós saímos de fininho no Galeão levando todo o tesouro. Não houve luta, e não tenho certeza se eles sabem o que aconteceu com as coisas deles. Até hoje nós chamamos o que aconteceu nesse dia de “o assalto” – foi uma das coisas mais doidas que já aconteceram com a gente.

[P]: O que você mais gosta no jogo agora, e o que você quer ver no futuro?

[R]:Eu sempre gostei de Sea of Thieves pelas histórias pessoais que saem do jogo, como elas são únicas para quase todo mundo, e como até mesmo as experiências negativas acabam se tornando boas memórias. Quando eu comecei a jogar, eu ficava um pouco brava com a forma que o jogo meio que me forçava ao JvJ – agora eu amo muito o senso de perigo que vem da possibilidade disso acontecer. Cada encontro é único.

Eu estou ansiosa para a continuação das expansões das histórias e dos conteúdos. Como uma jogadora focada principalmente em JvA, eu amo muito as Grandes Lorotas e os outros tipos de conteúdos que o jogo oferece.

[P]: Existe alguma coisa específica que você sente orgulho de ter realizado jogando?

[R]:Se estamos falando especificamente de Sea of Thieves... Uma vez eu consegui remar um Barco a Remo, tipo... Da Enseada Solitária até o Esconderijo do Ceifador, porque de alguma forma eu consegui encalhar minha Chalupa e ela se desintegrou, e tinha dois baús dos quais eu não queria desistir. Foi uma jornada. Se estamos falando sobre jogos em geral... não tenho certeza, haha.

[P]: Como você criou o nome do seu canal?

[R]:Eu tenho um hábito bem antigo de criar apelidos com nomes ou referências de filmes de terror, ou nomes ou referências de bandas de heavy metal. Eu sou fã dessas duas coisas. Enfim, eu criei esse nome na Twitch sem intenção de fazer transmissões, mas quando finalmente decidi apertar o gatilho, perguntei a uma amiga se devia manter esse nome ou escolher outro. Ela disse: “Deixa esse, ele é bem metal”. Então eu deixei, e aqui estamos nós!

[P]: Que conselho você daria a um novo criador de conteúdo?

[R]:Faça as coisas que VOCÊ curta. Se você está se divertindo, as pessoas percebem e também se divertem. E também sempre exercite sua criatividade ao máximo.

[P]: Se você fosse aconselhar um criador de conteúdo a não fazer algo, o que seria?

[R]:Não receba conselhos do Twitter :)

[P]: Pode nos contar mais um fato aleatório sobre você mesma?

[R]:Eu tocava trompete no ensino fundamental; eu era a “primeira cadeira” da banda.


Esse foi o nosso Criador em Destaque de hoje. Agradecemos à SkinnedTeen por nos mostrar como é sua vida tanto como criadora quanto como fã de Sea of Thieves! É hora de zarparmos daqui, para ver se conseguimos mais piratas para saquear...

Acompanhe todas as novidades de Sea of Thieves seguindo nossos vários canais sociais.