Com a chegada dos Emissários e a escolha de alianças a serem formadas, vamos mergulhar nas histórias e prioridades das atuais Companhias de Comércio de Sea of Thieves, e no equilíbrio precário que elas mantêm para manter este paraíso pirata relativamente pacífico. Dando sequência aos nossos Destaques sobre os Acumuladores de Ouro e a Aliança Mercante, voltamos nossa atenção aos sábios discretos que compõem a Ordem das Almas.


Perfil da Companhia

A Ordem das Almas há muito é considerada a Companhia de Comércio mais misteriosa e incomum de Sea of Thieves, rivalizada apenas pela emergente Ossos do Ceifador. Seus integrantes são sempre vistos vestidos e adornados com quinquilharias misteriosas e cercados pelos estranhos artefatos de sua arte. Todos os seus membros proeminentes têm manchas pretas e roxas nos olhos, supostamente causadas pelo uso da tinta de Kraken na invocação de visões mais fortes do futuro, passado ou presente, conforme suas necessidades.

A líder da Ordem, Madame Olivia, fundou o grupo em busca de uma visão de poder. Não apenas de poder mágico, mas de uma versão mais poderosa de si mesma, com a força e conhecimento necessários para forjar seu próprio destino. Esse impulso floresceu conforme ela navegava por Sea of Thieves com apenas suas habilidades de principiante e dois companheiros que entendiam, como ela, a necessidade de seguir o próprio caminho na vida.

Embora a Ordem agora tenha acesso a uma série de encantamentos surpreendentes e milagrosos, um único ritual fez com que ela deixasse de ser uma espécie de grupo de bruxas para se tornar uma Companhia de Comércio com um papel vital em Sea of Thieves. O ritual em questão permite que as memórias dos mortos sejam extraídas de crânios, especialmente daqueles que retornam como salteadores esqueléticos. Essas memórias incluem rotas para tesouros escondidos, conhecimentos arcanos e alguns segredos que talvez devessem permanecer enterrados.

Em busca de mais conhecimento, ou seja, de mais caveiras, a Ordem das Almas logo assumiu o papel de sede não oficial de caçadas, pagando aos piratas para localizar as criaturas ressuscitadas e enviá-las de volta ao Mar dos Ferrados... sem as cabeças, é claro. As ações da Ordem das Almas fazem da Companhia o extremo oposto dos Senhores Esqueletos e de outras forças ocultas das sombras, e, para nossa sorte, a forte bússola moral de Olivia a mantém disposta a lutar contra os rituais sombrios realizados por pessoas como o Capitão Flameheart. Ela parece ter um grande apreço pela vida, a julgar pelo lema da Companhia, cuja tradução é: “Tudo a Serviço das Almas”. Apesar de operar de maneira mercenária, a Ordem leva a sério sua luta contra as trevas, optando por trabalhar com aqueles que acreditam na causa.

A Ordem protege seus segredos, treinando e ensinando apenas alguns místicos, de modo que a extensão total de seu poder é desconhecida. Muitos piratas também suspeitam que a Ordem não está satisfeita em manter o status quo e nutre outros desígnios; de fato, seus membros oferecem uma quantidade maior de ouro para os crânios dos esqueletos mais antigos e poderosos. Porém, o conhecimento perdido que está no cerne da busca da Ordem permanece um mistério para os que estão fora de seu círculo interno.

Operações de Companhia

A Ordem das Almas tem um modus operandi muito simples: eles cobiçam os Capitães Esqueletos ressuscitados e pagam piratas para caçá-los, derrotá-los e trazer seus crânios como prova, de modo que possam vasculhar suas memórias. Desde que as frotas de Navios Fantasmas voltaram para afligir os mares, a Ordem também paga Recompensas pelas tripulações desses terrores espectrais.

O uso de memórias extraídas dos crânios dos inimigos conquistados permite que a Ordem localize baús de tesouro enterrados, financiando sua operação obstinada. Porém, em vez de procurar o tesouro pessoalmente (e perturbar a distinção entre as principais Companhias de Comércio), os membros da Ordem traçam as Jornadas que levam a esses baús e as vendem para os Acumuladores de Ouro. Assim, eles não precisam colocar a mão na massa - somente nas riquezas! De tempos em tempos, a Ordem também pede aos piratas que procurem objetos ocultos para colocá-los em mãos mais seguras.

O pirata que entra para a Ordem das Almas começa como um Seguidor Místico, mas pode evoluir deste humilde posto para Mestre da Ordem - e, com a introdução do sistema Emissário, é possível ultrapassar o nível 50 e alcançar uma grandeza duradoura, colecionando as vestes e pinturas de navio da Ordem. Servos leais da Ordem são recompensados com lanternas e canecas. As lanternas são úteis na busca de esqueletos à noite (e nos confrontos com os raros e mortais Esqueletos Sombrios), enquanto as canecas acalmam os nervos após uma batalha feroz.

Pensamentos Sobre...

Os Acumuladores de Ouro:
“Temos um bom acordo com os Acumuladores, apesar de suas... associações. Mas, como dizem por aí, ruim com eles, pior sem eles.”

A Aliança Mercante:
“Esses tipos empertigados e recatados são inofensivos, mas serão engolidos pelo Sea of Thieves se não conseguirem reconhecer a própria estranheza."

A Ordem das Almas:
“Começamos lidando com fantasmas travessos. Agora, precisamos buscar mais poder para resistir à verdadeira escuridão que une forças.”

A Fortuna de Atena:
“Temos um entendimento com O Senhor dos Piratas e os veteranos que auxiliam em nossa luta. Ele conhece o verdadeiro valor do poder mágico melhor do que ninguém.”

Os Lobos do Mar:
“Suas travessuras não têm nada a ver conosco. Ao menos eles mantêm nossas habilidades afiadas para quando os esqueletos representam uma ameaça."

O Chamado do Caçador:
“O sal da terra. Merrick e sua família são o tipo de gente de bom coração que lutamos para proteger do mal.”

Os Ossos do Ceifador:
“Não fale o nome deles! Que tolos amaldiçoados atrairiam voluntariamente o caos e a escuridão? O ‘Servo da Chama’ é quem se queimará!"

Representantes da Companhia

Madame Olivia fica no Posto Avançado Plunder. Olivia é a fundadora e o rosto da Companhia, mas astutamente minimiza seu papel e fala apenas sobre esmagar esqueletos com as pessoas de fora.

Madame Olga fica no Posto Avançado Golden Sands. Olga acredita firmemente na causa e procura se conectar com piratas idealistas, não apenas mercenários à procura de Recompensas.

Madame Olive fica no Posto Avançado Sanctuary. Olive parece um pouco desiludida com a Ordem e talvez até planeje deixar suas fileiras, mas seu poder é real o suficiente.

Madame Oksana fica no Posto Avançado Galleon’s Grave. Ela não gosta de piratas que julgam que a Ordem é formada por cartomantes e conjuradores baratos, em vez de pessoas em busca da verdadeira realização mística.

Madame Olwen fica no Posto Avançado Ancient Spire. Olwen é franca quanto ao fato de que a Ordem precisa do "trabalho sujo" dos piratas, pois os mortos sempre serão mais numerosos que os vivos.

Madame Oprah fica no Posto Avançado Dagger Tooth. Ela despreza a familiaridade excessiva e se orgulha de seu título. Madame Oprah suspeita que poucos piratas podem lidar com suas Jornadas.

Madame Oya fica no Posto Avançado Morrow's Peak. A crença de Oya nos espíritos da terra parece ajudá-la a aceitar a natureza perigosa de seu destacamento. Ela fala em tons sombrios e portentosos.

Guia do Emissário

Tornar-se um Emissário da Ordem das Almas confere a um pirata um lucro maior para cada crânio devolvido, desde que esse pirata avance nos Graus de Emissário ao provar-se um exemplar colecionador de recompensas. A conclusão das Jornadas e Missões da Ordem eleva seu Grau, bem como a obtenção de Caveiras de Recompensa, a entrega de Joias de Sereia e demais atividades de enriquecimento da Ordem. Armazenar crânios em seu navio também aumenta seu Grau, bem como suprimir os grandes riscos do mar, incluindo Navios Fantasmas, Navios de Esqueletos e Fortes, limitando a capacidade das hordas de mortos-vivos de causar estragos entre os vivos. Proteja seus prêmios o máximo que puder para obter as maiores recompensas quando finalmente alcançar o Grau 5. Ao atingir esse Grau, você também terá direito a uma Missão especial!

Explicação dos Emissários - Guia de Jogo Oficial de Sea of Thieves

Duração 3:44

Mais Leitura

Para descobrir mais sobre a Ordem das Almas...

Jogue Sea of Thieves e embarque nas épicas Margens do Ouro, a série das Grandes Lorotas, especialmente em 'The Wild Rose’, onde Madame Olivia desempenha um papel fundamental.

Leia o conto Fortuna de Atena, que revela um pouco mais sobre o ritual da Ordem de extrair segredos.

Leia Sea of Thieves: Origens Volume 3 – A Visão da Ordem, que conta como Madame Olivia alcançou o poder e fundou a Ordem das Almas.