Desde nosso último Destaque da Comunidade, tivemos um Beta Fechado, muita cobertura da imprensa e alguns Testes de Escala, também. Tem muita coisa rolando aqui em Twycross e está tudo culminando na comunidade de Sea of Thieves crescendo mais rápido do que nunca, com veteranos e novatos se destacando em várias maneiras.

Entretanto, antes de começarmos a ir atrás dos piratas por trás da nova leva de gamertags gravados nas rochas, símbolos e cartazes de procurado no mundo de Sea of Thieves, ainda temos alguns Marujos para conhecermos! Sam, também conhecido como WyMeRz nas redes, juntou-se à tripulação cada vez maior de Marujos há pouco tempo, e hoje está aqui para nos contar como é moderar a comunidade dentro e fora dos fóruns.

Sam já conhecia bem a equipe antes de se tornar um Marujo.

[P]: Conte-nos um pouco sobre o que fez você entrar no mundo dos jogos.

[R]: Tudo começou quando eu era muito jovem, em uma manhã de Natal, quando eu abri uma caixa que continha um Game Boy que vinha com uma cópia de Pokémon Crystal (até hoje, um de meus presentes de Natal favoritos). A partir daí, fiquei fissurado em jogos para portáteis, até que meu primo me apresentou para um dos maiores jogos da história… Halo: Combat Evolved. Halo me impactou muito quando eu era criança, e por causa disso eu sou um gamer até hoje.

[P]: Você já era fã da Rare antes de Sea of Thieves e você tem algum jogo preferido da Rare?

[R]: Sim, com certeza. Um dos primeiros jogos em primeira pessoa que joguei foi GoldenEye, e cara, que experiência incrível! Ah, e não podemos nos esquecer de Diddy Kong Racing, um clássico de corrida para N64 que muitas vezes é menosprezado. O modo multijogador onde você enfrentava amigos ou NPCs para ver quem conseguia juntar mais ovos de dinossauro e trazer para o ninho enquanto tentava defendê-los era sempre muito divertido.

[P]: Quais jogos você está jogando no momento? Algum favorito?

[R]: Além de Sea of Thieves, ando jogando bastante Fortnite Battle Royale nos últimos meses e Halo 3 quando estou a fim de jogar um jogo de tiro de arena das antigas. Já tenho mais de 300 horas de jogo em Fortnite BR desde o lançamento, no ano passado, e vai saber quantas horas tenho de Halo 3 desde que foi lançado em 2007. Recentemente, fiz as contas e descobri que tenho mais de 10.000 partidas multijogador distribuídas entre vários perfis no XBL através dos anos. Nem preciso dizer que mesmo depois de 10 anos, ainda é um dos melhores jogos de tiro para console.

[P]: O que chamou sua atenção primeiro em Sea of Thieves?

[R]: A abordagem da Rare no desenvolvimento de Sea of Thieves foi o que realmente chamou minha atenção. Eu tinha visto o trailer de revelação de Sea of Thieves na E3 de 2016, mas deixei o jogo um pouco abaixo na minha lista de prioridades. Seis meses depois, acabei encontrando um vídeo do Joe falando sobre seu assunto favorito… feedback! Os primeiros 1.000 jogadores tinham acabado de ser convidados para o Alfa Técnico, e após assistir imagens de bastidores, me senti conectado com a equipe de desenvolvimento de certa forma e quis ajudar a tornar Sea of Thieves o melhor jogo possível.

[P]:Quando você se tornou um Marujo, e como é ser um Marujo?

[R]: Eu me tornei Marujo em outubro do ano passado, e é incrível. É uma honra ter essa oportunidade de ajudar a criar uma comunidade positiva e receptiva em torno de Sea of Thieves. É bom tornar-se parte de algo maior que nós mesmos e saber que meus esforços ajudam a criar um ambiente acolhedor para jogadores do mundo inteiro.

Das fotos que o Sam nos enviou, essa é a nossa favorita. Três chances para vocês adivinharem por quê...

[P]: Antes, nossos Marujos trabalhavam exclusivamente nos fóruns, mas agora se expandiram e moderam nosso clube, também. Há diferenças entre a moderação das duas comunidades?

[R]: Há algumas diferenças entre as duas moderações. A interação e a atividade no Clube Xbox é normalmente mais espontânea e focada nos grandes eventos (como em sessões de teste), então as conversas são mais breves. Nos fóruns, a interação entre membros da comunidade é mais consistente, e o formato permite conversas mais complexas sobre o jogo, então a interação nas duas comunidades é um pouco diferente, mas no fim das contas, estamos todos empolgados com Sea of Thieves.  

[P]: Agora que já jogou Sea of Thieves, você tem algum momento que gostaria de destacar?

[R]: Um momento merece destaque. Eu estava navegando com meu colega Marujo Rmac quando encontramos um cara navegando sozinho em uma corveta. Decidimos por não atirar nele, e eu rapidamente embarquei a bordo da corveta sem ele me ver. Lá, comecei a pular sem parar tocando minha viela de roda para mostrar que não faria mal a ele. Após consertarmos alguns buracos e ajudar o outro jogador a ajustar as velas da corveta, eu senti o aço frio do alfanje nas minhas costas e caí do navio. Eu pensei “eu só queria ajudar”, mas isso não fez diferença.

Avance uns 20 minutos e não só encontramos o mesmo jogador de novo como também encontramos outro navio com os lendários KattTruewalker e Lizalaroo a bordo! Por curiosidade, pesquisei o gamertag de nosso convidado misterioso e mal podia acreditar… era o Craig Duncan, o próprio chefão! Eu gritei no microfone “é o Craig”! Nós todos guardamos nossas armas e começamos a conversar sobre o jogo. De repente, um quarto navio surgiu no Outpost, e era ninguém menos do que nosso bom amigo Pikaaron (também um Marujo). Juntos, bebemos grogue, brincamos de pega-pega na água, demos uma festa nas docas e curtimos um bom momento juntos no maravilhoso mundo de Sea of Thieves.

[P]: O que você mais está esperando em Sea of Thieves?

[R]: É a jornada que os jogadores terão que trilhar para se tornarem lendas piratas. Mike Chapman fez um ótimo trabalho divulgando a jornada para se tornar uma lenda pirata, então mal posso esperar para entrar de cabeça no sistema de progresso de jogo quando ele for lançado.

Aparentemente, o senso de aventura de Sam se reflete em mais aspectos do que seu gosto por Sea of Thieves!

[P]: Se tivesse que escolher um nome pirata, qual seria?

[R]: Acho que escolheria Captain Long Beard. Não é lá muito original, mas funciona.  

[P]: Quais são seus outros hobbies além dos jogos?

[R]: Fotografia é muito importante para mim, pois é meu hobby e minha profissão. Sempre quando tenho a chance, adoro sair da cidade para fotografar as lindas paisagens da região, e quando não estou em um engarrafamento tentando sair da cidade para fotografar as montanhas ou um deserto, gosto de assistir o máximo de filmes possível. Não há nada melhor do que apagar todas as luzes e sentir-se dentro de um filme.    

[P]: Conte-nos alguma coisa legal sobre você. Pode ser qualquer coisa!

[A]: Quando eu estava terminando o ensino fundamental, meus amigos me convenceram a entrar para o time de basquete da escola, mesmo tendo pouca experiência com o esporte. Eu não era muito bom, mas conseguia pular bem alto para minha idade. Em pouco tempo, comecei a entrar de titular e minha missão era ganhar a disputa de bola inicial de cada jogo. Nem preciso dizer que depois que o jogo começava e eu fazia a minha parte, o técnico me mandava para o banco e me substituía por um jogador muito melhor. Mesmo assim, eu ainda era um jogador titular e usava isso como uma medalha de honra para o resto da escola.  

E aqui termina nosso Destaque da Comunidade com o Sam, e erguemos nossos canecos em agradecimento por sua disponibilidade de responder às nossas perguntas e servir à comunidade! Com tantas pessoas usando o Crow's Nest como esconderijo para os seus navios, talvez esteja aí mais uma oportunidade para ele usar suas habilidades de salto…

Voltaremos em breve destacando mais um membro da comunidade de Sea of Thieves , mas até lá, fique de olho em nossas redes sociais para saber todas as novidades do jogo.