No nosso mais novo Criador em Destaque, temos uma barba muito comportada em um capitão muito barbudo: vem aí BehavingBeardly! Fizemos algumas perguntas sobre suas Jornadas pelos mares, e quais foram suas experiências nessas viagens.

Tem interesse em se inscrever na Tripulação de Criadores do Sea of Thieves? Saiba mais aqui.

[P]: Como você entrou no mundo dos jogos?

[R]: Minha lembrança mais antiga é de minha mãe limpando o sótão e tirando seu velho Atari de lá! Eu passava horas jogando Pong com ela usando um controle tão duro que me deixava com uma dor crônica no pulso (e valia a pena!). Eu também ia para a casa do meu avô jogar Super Mario World e Mortal Kombat em seu Super Nintendo. Com o tempo, ele se cansou da gente ocupando seu passatempo e comprou um Nintendo para meu irmão e eu disputarmos...

[P]: Como você se tornou membro da comunidade doSea of Thieves?

[R]: Eu havia perdido contato com os games e jogava MUITO casualmente jogos como Gears of War e Tomb Raider no meu Xbox. Então, assistindo à E3 de 2015, vi o primeiro trailer de Sea of Thieves e meu queixo foi até o chão. Fui direto ao telefone narrar o trailer inteiro para a minha irmã (ela não ficou tão empolgada, haha). Eu me inscrevi no Programa de Pioneiros assim que ele ficou disponível e conheci muitos dos piratas participantes. Iniciei em colaboração um grupo no Facebook chamado 'A Frota do Cavaleiro', onde ficávamos na pilha pelo jogo!

[P]: Como a criação de conteúdo se tornou a sua “arte”?

[R]: Tudo se deveu ao Sea of Thieves! Eu fazia com meu amigo uploads aleatórios de tutoriais de fabricação de cerveja caseira para o YouTube sob o nome ‘Men Behaving Beardly’. Então, quando as sessões do Beta aberto começaram, um dos membros da Frota do Cavaleiro sugeriu que eu fizesse transmissões pelo Mixer/Twitch, então eu transmitia pelo Mixer (eu tinha apenas um Xbox, então usava o aplicativo) e salvava as gravações para transmitir na Twitch enquanto conversava sobre o jogo no chat... até aquele momento, eu nunca tinha ouvido falar da Twitch! #JulguemaRare

[P]: Como você decide qual tipo de conteúdo criar?

[R]: Eu gosto de rir. Eu acho que rir é contagioso e faz bem para a alma. Então, sempre busco criar um conteúdo que me faça rir (mesmo que ninguém ria comigo!) Quando se trata de conteúdo, se o criador está se divertindo, o espectador consegue perceber — então, basicamente, crio a partir do que surge em minha cabeça, considerando que tenho o humor de uma criança de seis anos.

[P]: Quais foram alguns dos desafios enfrentados na criação de conteúdo?

[R]: O desdém e a falta de apreciação do trabalho duro e das horas necessárias para se tornar um criador de conteúdo bem-sucedido. É nosso trabalho fazer com que pareça fácil e divertido, do contrário, o conteúdo falhará. Por isso é tão importante se concentrar em um conteúdo que o mantenha engajado, motivado e animado para fazer mais!

Eu costumava ficar atolado em números e estatísticas. Há muito tempo aprendi que se você focar no conteúdo, na presença nas mídias sociais e na gestão de marca, terá uma experiência MUITO mais agradável e obterá resultados muito melhores — sendo ainda um careca um pouco acima do peso usando uma webcam, tudo o que eu precisava era de um gorro Viking e uma camisa verde fluorescente...

[P]: Quais são os seus canais?

[R]: Eu transmito principalmente pela Twitch e subo os tutoriais de streamer para o YouTube. Mas assim que o lockdown escolar terminar e meu pequeno entrar na creche, eu também subirei os vídeos de SoT para o YouTube! Estou REALMENTE empolgado para enfim dedicar mais tempo a isso, já que passei os últimos dois anos conciliando as funções de criador de conteúdo e pai dono de casa (o que também é divertido)!

[P]: Qual foi o seu momento mais memorável em Sea of Thieves até hoje?

[R]: Sem dúvida alguma, a expansão The Hungering Deep. Foi um momento único fazer com que as tripulações trabalhassem juntas pela primeira vez. O momento em que as duas tripulações estavam tocando música para invocar Meg e ela saiu do oceano foi incrível e aterrorizante ao mesmo tempo... Sinto pena de quem não acompanhou essa expansão. Vamos ser sinceros, Meg agora é apenas mais uma praga!

[P]: O que você mais gosta no jogo atualmente e o que espera para o futuro?

[R]: Sinceramente, a comunidade de Sea of Thieves, mas se estamos falando de detalhes específicos do jogo, eu AMO os novos Emissários de Ossos do Ceifador. Tivemos algumas batalhas épicas entre navios, as quais não vejo desde os primórdios de Sea of Thieves. No futuro, estou ansioso para ver como o Grandes Lorotas será desenvolvido. Toda vez que ganhamos um novo modo, eu jogo instantaneamente e peço por mais! #NósServimosFlameheart

[P]: No que você se sente especialmente orgulhoso em realizar quando joga?

[R]: Criar e fazer parte de comunidades de jogos e ajudar a arrecadar fundos para cuidados paliativos de crianças e pesquisas sobre câncer. Acredito que muitos subestimam a capacidade dos jogos de unir as pessoas. Eu me sinto mais próximo de pessoas que nunca conheci no mundo real do que de alguns dos meus próprios familiares. Tenho orgulho de ter tido um impacto positivo na criação, no desenvolvimento e na manutenção de algumas dessas comunidades — e também de ter derrotado minha irmã no Mario Kart aquela vez...

[P]: De onde veio o nome do seu canal?

[R]: Bem, no início, éramos dois caras barbudos fazendo tutoriais de fabricação caseira de cerveja, então brincamos com o nome de uma antiga sitcom britânica chamada Men Behaving Badly e nos chamamos ‘Men Behaving Beardly’ (genial, eu sei). Conforme eu parti para as transmissões do Mixer e da Twitch e fiquei sozinho, o nome evoluiu rapidamente para 'BehavingBeardly' — além disso, eu queria algo sem espaços que fosse fácil de ler e disponível em todas as plataformas!

[P]: Que conselho você daria a um criador de conteúdo iniciante?

[R]: “Seja você mesmo”. TODOS tem uma opinião sobre o que VOCÊ deveria fazer de acordo com a experiência DELES. A verdade é que não há mágica, receita ou manual. O que funciona para um não funcionará para outro. Não foque em números, estatísticas e no sucesso de “outras pessoas que não se esforçaram tanto”; é um campo minado que pode te decepcionar. Há um motivo para você ouvir "jogue (ou faça) o que você gosta", porque a criação de conteúdo junto à gestão de marca e à presença nas mídias sociais é desgastante. Se não estiver se divertindo, você ficará esgotado rapidamente!

[P]: O que você não aconselharia um criador de conteúdo a fazer?

[R]: Já mencionei algumas coisas, mas uma coisa séria que devo enfatizar é POR FAVOR, NÃO abandone o seu emprego, a menos que alguém em sua casa possa segurar as pontas se tudo der errado. Pode e muitas vezes vai dar errado! Sempre priorize o seu bem-estar e o de sua família antes de seguir carreira como criador de conteúdo. Além disso, sempre tenha a certeza de que apertou o botão "interromper transmissão" antes de enfiar o dedo no nariz... pois é...

[P]: Pode nos contar mais um fato aleatório sobre você?

[R]: Eu realmente quero fazer a barba...


Esse foi o nosso Criador em Destaque de hoje. Agradecemos ao BehavingBeardly por nos mostrar como é sua vida tanto como criador quanto como fã de Sea of Thieves! Sairemos em busca de algum tônico para também integrarmos a Tripulação Capilarmente Dotada...

Acompanhe todas as novidades de Sea of Thieves seguindo nossos vários canais sociais.